Liberdade

Foto by Unorthodox
(minissérie/ Netflix)

Que a cada dia mais,
Eu seja capaz de Aceitar e Rir
com leveza,
transparência e verdade…
das minhas tolices
dos meus defeitos
das minhas manias
das minhas paranóias
dos meus erros
do meu orgulho
da minha infantilidade
da minha ignorância
das minhas limitações
da minha incapacidade
da minha imaturidade
das minhas imperfeições
dos meus equívocos
dos meus medos
das minhas inseguranças
das minhas incertezas
Quero ser Livre,
Amar e
Perdoar quem Eu Sou de fato,
sem julgamentos,
um Ser Humano ambivalente,
arredio,
petulante,
esquisito,
estranho,
desconfiado,
belíssimo e
em construção.

Autora: Paula Gouveia



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s