O senhor do tempo

Foto Acervo Pessoal

*Áudio do texto no final

Tic tac… tic tac… Quem você pensa é? Acha mesmo que pode fugir do senhor do tempo?

O nascer… aquele que tudo gera… passa também a devorar. Quem é aquele senhor que vem soberano… governando o tempo das horas e estações? Um jovem com aparência de velho.

Tic tac… tic tac… Cronos, o corajoso titã… te persegue! Óh, soberano senhor do tempo linear!! Ele não tem piedade, é implacável e amedrontador! Gera, destrói, inexpugnável, dominante, vem regendo os destinos, devorando… carregando a vida e a morte. Quem poderá impedi-lo?

Ele está no dia do nascimento e está no dia do seu último suspiro. Quem pode pará-lo?

De segunda a segunda tudo se repete, você é servo desse senhor do tempo. O tic tac do relógio te persegue, as horas, os dias, os meses e os anos passam bem diante de seus olhos. Você se dará conta quando for tarde demais. As paredes brancas sem janelas, te convida a refletir a tristeza de fazer e fazer. Onde estará a porta do novo? Onde estará a porta da oportunidade?

Tic… tac… e sua cabeça parece enlouquecer. Então, você começa a se perguntar: Será que estou no lugar certo? Será que estou fazendo o suficiente? Será que estou na direção correta? Os dias passam… os anos escapam de suas mãos e escorrem por seus dedos. A inquietação esmaga a sua esperança, dilacerando seu coração e colocando em xeque a sua fé.

Cronos me observa curioso e intrigado grita no meu ouvido: “Por que ainda sonha, menina tola? Por que ainda tenta? Não há como escapar do meu poder! Eu sou invencível!”

Tic tac… tic tac… Pode uma mulher estéril ter um filho? Pode um pastor de ovelha tornar-se rei? Pode um homem parar o sol? Pode alguém passar a seco no meio mar? Pode uma criança tornar-se o libertador de um povo, quando o Decreto era que todos os meninos fossem mortos? Pode o menor de uma casa, vendido como escravo e depois presidiário, torna-se governador? Pode um pescador grosseiro, torna-se um homem cheio de autoridade e poder? Depois de quatro dias, poderia alguém ressuscitar, um homem morto com o corpo em decomposição?

Cronos se aproxima irritado e grita com soberba: “Eu sou o ditador da quantidade de coisas realizadas, domino um tempo que nunca será suficiente para você. Meu é o tempo linear! Eu sou o tirano que te espreita, te escraviza, te atormenta e cronometra seus instantes humanos. Não entendeu? Você é meu servo e eu sou o seu senhor.”

Que horas são? Que dia é hoje? Que mês estamos? Que anos estamos? Quantos anos você tem? Quantos dias te restam para viver?

Corri para me esconder de Cronos, mas é impossível. Ele sabe o que você quer e está te observando vinte quatro horas por dia. Tic tac… Tic tac… Tic tac… Tic tac…Ele vem te apressando, te enlouquecendo e não te deixa ver nada mais, além daquilo que está a sua frente: NADA! Um nada, sufocado pela ansiedade do amanhã, a névoa do passado te entorpecendo e a angústia do agora estar te escapando como um punhado de água nas suas mãos.

Nada, é o que vejo quando me apego ao fim, ao destino final e me esqueço de prestar atenção no meio, no hoje e no agora com aceitação de que tudo está acontecendo como deveria. Tudo está em movimento, mas você se apega a ideia de que nada se move, nada está mudando, tudo parece igual por anos a fio. Assim, você enlouquece, se embriagando com a raiva e a insensatez. Perdendo no campo de batalha da mente. Desperdiçando energia com estratégias (sem a necessidade real). Brigando com um monstro que criou com dúvidas e o alimenta todos os dias. Obcecado por um futuro que nem sabe se vai existir. Medindo forças com a sua falta de paciência, perdendo a respiração e escurecendo os seus dias de sol. Paralisado diante das impossibilidades e se perdendo quando na verdadesabe para onde quer ir”.Nada, é como se você corresse atrás do vento, se enganando e se autossabotando… fingindo que é senhor de si, mas é um servo como todos humanos.

Por que a pressa, se o fim é inevitável? Por que desperdiçar o passeio, se há tanto para contemplar e aprender? Por que olhar para trás, se o que me move, está aqui no agora? Por que olhar fixo para janela do futuro, se ela ainda não tornou-se uma porta? Por que tentar caber em algo que não me serve mais, (se mudei tanto que me tornei outra pessoa!)?

Então, em um dia triste quase perdendo as forças e me afundando em um niilismo sem propósito, (por causa da minha natureza rebelde), ouvi falar de um jovem despreocupado que anda nu por aí. Ele tem asas no pés e nas costas. Quem é ele? Seu nome é Kairós, o senhor do tempo oportuno. Onde posso encontrá-lo? Olha, alguém me disse que esse jovem, não se preocupa com o relógio, nem com o calendário e muito menos com o tempo linear. Kairós é imprevisível!! Nunca se sabe quando e onde ele vai passar. (Sua cabeça gira, uma esperança quem sabe?) O ontem está enterrado, o luto acabou… (mesmo assim) não posso fugir de Cronos, mas posso ficar atenta quando Kairós passar.

Kairós é muito rápido, se você não estiver atento não será capaz de vê-lo. Kairós é livre, atemporal e com toda a sua instantaneidade traz consigo um tempo divino, uma ocasião excepcional, um tempo presente enfeitado de momentos únicos e especiais (de caráter imensurável). Ele segura uma balança! Em suas mãos estão: a justiça, o equilíbrio, a qualidade, o sobrenatural e o eterno. Kairós é desenhado como o tempo de Deus.

Um dia para Deus é como mil anos e mil anos como um dia. Deus é o Senhor dos senhores! Deus é o Senhor de Cronos e de Kairós!! Ele é quem determina o quê, onde e quando!! Ele é quem providencia Kairós, desafiando a lógica de Cronos. Ele sopra kairós e algo extraordinário acontece, ultrapassando os limites ordinários de cronos. Ele usa o cronos para nos preparar e kairós para nos presentear.

Então, quando kairós acontece, uma simples semana pode se tornar equivalente a um mês inteiro. Um mês pode se tornar equivalente a um ano inteiro. Ou seus últimos anos de vida, pode se tornar equivalente uma vida inteira. Rubens Alves, compreendeu e disse, “o tempo pode ser medido com batidas de um relógio, ou pode ser medido com as batidas do coração”.

O dia que Kairós passa… você é capaz de se deleitar com aqueles simples momentos… aquela pequena parte da sua vida que você chama de Felicidade. Instantes que se tornam eternos. Você é capaz de experimentar, os mais variados sentimentos de alegria e felicidade ao presenciar: o primeiro beijo; o primeiro diploma; a cura de um câncer; o emprego que chega depois de anos de desemprego; o filho que nasce depois da superação de vários abortos; os primeiros passos do seu filho; o dia que você vê quem ama (depois de muito tempo distante). O beijinho doce e inocente de uma criancinha; um anel com a palavra “coragem” gravada dentro dele; um abraço aconchegando e acalmando o seu coração cansado (sem palavras, mas dizendo: ‘vai ficar tudo bem’); quando alguém te diz e cumpre o que diz… “se precisar de alguma coisa, pode contar comigo”; as risadas que viram gargalhadas depois de uma cena hilária; o silêncio da noite ao ouvir a voz de Deus; a paz que habita em seu lar; a família imperfeita que te ama incondicionalmente e te surpreende com amor e generosidade.

A flor de cactos que floresce e morre no final do dia; o pôr do sol e o nascer do sol; a chuva depois de um dia quente; o azul do céu; as estrelas; aquela notícia (tão boa! tão esperada!) que chega em um dia qualquer; a sua grande oportunidade que lhe é ofertada, depois de anos de empenho e comprometimento; aquela pessoa que você conhece e se descobre apaixonado por ela; um sonho sendo realizado; um projeto terminado; um contrato assinado; um belo sorriso depois de anos de tristeza…

Éh, quando Kairós passa… Ele traz surpresas… te pega desprevenido e te oferece algo especial… único… embalado e personalizado de acordo com você. Ele traz os bons ventos que chegam conspirando ao seu favor, acontecendo sem hora ou dia marcado, se manifestando em um instante com valor eterno. Todo o brilho, cores, perfumes e encantamento acontecem quando Kairós passa… Esteja pronto! Esteja preparado para esse momento! Quando Kairós passar, pegue-o pela mecha de cabelo na testa dele! Mas seja ágil, porque depois dele ter passado… será impossível prever quando ele passará de novamente ou se passará.

Tic tac… a lógica cruel está diante dos meus olhos.

Tic tac… a Fé fere a lógica.

Será possível viver o tempo kairós? Parece uma ilusão boba e ingênua… uma possibilidade como miragem. Aqui, diante da tristeza de um cansaço que deixam minhas mãos dormentes de dor… Seria possível acreditar que em algum momento haverá um tempo oportuno para você? Tantas lutas enfrentadas. Tantas dores superadas. Tantos ensinamentos aprendidos. Tantos anos de treinamento duro…

Quando acontecerá o kairós de Deus? Quando você será surpreendido com a sua oportunidade sendo entregue em suas mãos?

Muitas coisas estão acontecendo e se movendo no sobrenatural. Antes de acontecer no natural, já aconteceu no sobrenatural. Loucura? Talvez você precise andar na contramão, andar pelo caminho dos loucos e perder a sanidade por algum tempo. Você se entregaria instintivamente a algo improvável, mas que seus olhos e sentidos te abandonam à realidade cruel de Cronos? Por que ao olhar para o abismo, você percebe o quão limitado é? Se o improvável já aconteceu… Cronos está se alinhando a você… Acredite, Kairós vai passar!!

Lá vem as coincidências!!! Quais são as coincidências que você não tem prestado atenção? Será mesmo que existem coincidências? Você se apega a uma linha reta e sequencial, esquecendo que talvez seja necessário apenas uma pequena curva para transformar tudo e te levar a um Destino inexplicável. Acredita mesmo em coincidências? Deus não é Deus de coincidências! Perceba as Sincronicidades! Perceba as Estratégias divinas!

Olhe a sua volta e todo o caminho que percorreu… você pediu direção a Deus, mas a incredulidade e o medo te faz perder as oportunidades divinas. Sinais?! Ahh! Que isso, são apenas bobagens! Não, isso é coisa da minha cabeça! Será? Interessante! Não, nada disso!”… Assim passam as horas, os dias, as semanas, os meses e os anos… Você dança uma valsa de uma negação que vai destruindo todas as portas para que Kairós poderia passar.

Ainda posso ouvir o tic… tac.. tic… tac e Cronos sorrindo com toda superioridade para mim. Estremeço, mas carrego a esperança de ver Kairós. Assim que ele passar diante de mim, vou agarrá-lo pelo seu topete. Tic… tac… caminho servindo a Cronos… tic… tac…, mas aguardando com fé a passagem de Kairós!

Todos seguem hipnotizados, dentro dos limites do tempo cronos e perdem a convicção de que Deus já determinou o tempo kairós. Será que você terá coragem suficiente para ser dirigido pelo tempo kairós?

Quem sabe, você olhe para Cronos com um olhar de loucura e confunda o grande titã racional. Quem sabe você experimente trazer para a sua vida, os raros ensinamentos de Kairós e diminua o ritmo dessa dança insana.

Quem sabe você se rebele contra Cronos e decida viver a poesia do essencial de Kairós.

Saiba que não poderá fugir de Cronos, mas poderá agir com sabedoria diante dele.

O que é prioridade para você?

O tic… tac… continua…

Aquele que é o Eterno Deus e que se manifesta no tempo cronos e kairós, te olha com amor…

Tic tac… Óh, criatura pequena e frágil!

Tic tac… Deus tem um propósito para você.

Tic tac… Deus já determinou que Kairós vai passar.

Tic tac… Quem tem ouvidos, ouça!!!

Há um tempo cronos para tudo o que está determinado debaixo dos céus e há um tempo kairós para todo propósito de Deus para sua vida”.

Autora: Paula Gouveia

Áudio do texto (voz Paula Gouveia)


2 comentários sobre “O senhor do tempo

  1. Impactante!!!!Maravilhoooooso ❤️O nome…Senhores diz quantos senhores tenho….Senhor diz que a escolha é minha…qual sua intenção?

    Enviado do Yahoo Mail no Android

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s